Como é feita a sessão da acupuntura?

A acupuntura consiste na inserção de finas agulhas, sendo estéreis e descartáveis em áreas definidas da pele ou tecidos subjacentes, denominado acuponto.

 

Qual a duração e a freqüência das sessões?

Em casos agudos a acupuntura pode ser aplicada a cada 2 ou 3 dias, e em casos crônicos uma vez por semana. Após estabilização do quadro pode-se diminuir a freqüência para cada quinze dias e após para cada 3 a 6 meses,

As agulhas devem permanecer no animal por 15 a 20 minutos.

 

Quais os métodos de tratamento utilizado?

Agulhamento simples, eletroacupuntura, moxabustão, injeção de substâncias no acuponto e associações com ervas chinesas.

O método de tratamento dependerá da enfermidade apresentada.

 

Acupuntura pode doer?

A dor vai depender do nível de sensibilidade de cada animal. Em muitos casos a acupuntura não dói e os animais ficam tranqüilos e até dormem na sessão.

 

A acupuntura pode trazer efeitos colaterais?

Se realizada por um profissional qualificado ela não causa efeitos colaterais e nem riscos a saúde do animal.

 

Qualquer animal pode ser tratado com acupuntura?

Sim. Esta técnica está indicada para qualquer espécie animal.

 

Quem pode realizar acupuntura veterinária?

Somente um médico veterinário especializado em acupuntura veterinária estará qualificado para utilizar a técnica.

 

As agulhas causam sangramentos ou machucados nos animais?

Pode ocorrer um pequeno sangramento local sem maiores conseqüências para a saúde do animal e sem interromper o fluxo de energia do tratamento.

 

Qual a eficácia da acupuntura? A técnica, por si só, é capaz de tratar o animal ou é utilizada como coadjuvante de tratamentos alopáticos?

A acupuntura é extremamente eficaz e o tempo de resposta ao tratamento depende do tipo de doença e das condições imunológicas do animal. A associação com drogas alopáticas pode ser usada para acelerar a cura em casos selecionados.